sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Cake Pops

Quem tem "miudáge" lá em casa já deve ter ouvido falar dos Cake Pops. Parece que é a última moda das festas de anos dos miúdos e aqui a Je achou que era engraçado faze-los para sobremesa este Sábado. A ver vamos o resultado.


A receita é simples. Parece que leva um bolo de chocolate esfarelado (pode ser de pacote) 2 tabletes de chocolate de culinária e um pacote de natas. Envolve-se tudo e depois fazem-se bolinhas e passam-se por chocolate granulado. Vai ao frio e já está... Provei em casa de uns amigos e eram bem bons!!!

Dolce & Bianco






 
Almocinho bom, mas com muitas emoções à mistura!!!

É preciso bom humor...




 
...para mais um dia difícil....

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Bad girl


O pesadelo da MRP


P.s - Não resisti :p

Nova forma de ver o mundo

Hoje vou buscar os meus novos óculos graduados. Tive a boa noticia de que a minha graduação não aumentou, MAS continuo sem ver "pevas" ao longe.

Escolhi uns óculos bastante "quadradões" e grandes ao estilo geek que continuam a ser tendência. A ideia inicial era que fossem pretos, ideia essa que foi mantida até ao fim terminando na escolha ilustrada acima (não são os que escolhi, são parecidos).

Experimentei outras cores, como o amarelo, o rosa e o vermelho. O amarelo tornava-me ainda mais pálida, o rosa também não tinha grande destaque e o vermelho, esse sim, iluminava-me o rosto. Contudo tive durante anos óculos cor de laranja e precisava de desenjoar com uma cor neutra.

Não ligo patavina a marcas, sou sincera, e não me interessava que as armações custassem mais do que as próprias lentes. Assim sendo optei (inconscientemente e porque o preço também era agradável) por uns Oxydo

Vi muitos outros modelos engraçados no site, tal como estes:

 
Quem sabe em outra altura!!


terça-feira, 28 de agosto de 2012

Lady Gaga grava novo CD nua

Ca novidade... Aliás não deve haver noticia mais bombástica do que a Lady Gaga aparecer nua, seja no lançamento do seu perfume, seja porque o corpete deslizou e deixou tudo de fora, seja pela roupas diminutas, seja pelas produções fotográficas ou pelos videos e fotos caseiros de nudez... Enfim...

Qualquer dia, com tanta exposição, ver a Lady Gaga nua ou o Rodrigo Guedes de Carvalho a apresentar o Telejornal, causa o mesmo impacto!!!


Ai ai

Esta noite sonhei que estava de caso com o Jason Statham . LOL, muito LOL. Acordei e só me deu vontade de rir. Que atrevidote. Então entra-se assim nos sonhos das pessoas? menino mau....




segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Amanhã voltamos às Unhas de gel

Ke$ha

Enfant Terrible

Ai que saudades daquela idade em que não sentimos o peso das responsabilidades, mas sentimos uma mãozinha mais pesada sempre que fazemos asneiras... Somos protegidos, vivemos alheados de muita coisa e por isso somos felizes, obviamente que uns mais do que outros, aqueles cuja vida não inundou de vicissitudes logo desde cedo, têm certamente muitas memorias de traquinices para contar.

Só assim de repente, lembro-me daquelas mais corriqueiras, como tocar às campainhas e fugir, ligar para os call centers ou para as vizinhas com brincadeiras "desagradáveis", mandar molas e balões de água das varandas... enfim... o costume.

Contudo, eu e a minha irmã, gostávamos de inovar quando o assunto era "asneirada".


Dia de compras:

- Abrir pacotes de cereais e ficar com brindes;

- Carimbar os livros do Continente com os carimbos-oferta do Chocapic;

- Comer chocolates e deixar lá só os pacotes;

- Roubar carrinhos de compras e deixar os ex donos a "apanhar bonés";


Férias:


- Beber Pisang Ambon às escondias;

- Andar com saltos altos da mãe;

- Comer tabletes de chocolate inteiras às escondidas;

- Fazer concursos de gases;

- Fazer convers de musicas da berra (o Jaimão ao pé de nós era um santo)



Ainda acham que não me divertia?



sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Movies **5

A semana que passou trouxe duas idas ao cinema. Numa primeira vez para ver o Batman e numa segunda para ver os Mercenários. Não consigo descrever a excitação em assistir a este segundo filme. Quanto ao argumento... Pois, o argumento.... Esse assim de repente não sei se foi bom ou mau. Estive mais ocupada a ver braços, rabos, pernas... ahahahah


No Batman destaco a voz do Bane... Foi a alma do filme.


Homeland

A segunda season da serie Segurança Nacional promete...



Povinho (ainda) mais pobrezinho

O nosso querido governo acaba de anunciar uma nova medida que afecta as pessoas que recebem o rendimento mínimo. Parece que vão todos ter de fazer trabalho comunitário, com excepção de quem tiver crianças ou idosos a cargo. Ainda não tenho bem opinião formada sobre isto, mas como penso que grande parte não vai cumprir, acho que esta é uma forma de cortar subsídios a muito boa gente.

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Wish list **1

Já andamos a namorar há uns mesinhos...

Fossil - Georgia Stainless steel watch rose

domingo, 19 de agosto de 2012

Top Chef

Adoro ver programas sobre culinária e apesar de considerar que não tenho grande mão na cozinha, fico sempre com vontade de inovar um bocadinho quando assisto a estas coisas. Este Sábado começou o Top Chef e foi notório o upgrade face ao Master Chef com cozinheiros amadores.

Gostei e fiquei com vontade de provar tudo ou quase tudo. Ainda bem que ninguem cá em casa faz aquelas iguarias se não certamente já estaria o dobro!!!!


Barriguinhas ao léu

A nova tendência que deixou as camisolas e t-shirts mais curtas; que trouxe tops e corpetes a terminar ao nível do umbigo; que re-introduziu o brassiere por baixo de transparências é absolutamente divinal. MAS não dá para todos os corpinhos.

Eu já estive com peças nas mãos verdadeiramente deliciosas e tive de as deixar para trás, pois seria uma compra que jamais sairia do armário. Para quem tem excesso de peso, o ideal é algo mais solto, mas nada que se assemelhe com uma tenda, é preciso encontrar o meio termo e é preciso adaptar tendências ao nosso corpo, deixando inclusivamente passar outras que tanto nos encantam.

Este é o caso... Felizmente, a acompanhar as tendências acima mencionadas vieram as blusas feitas de materiais levezinhos e esvoaçantes, que mesmo sendo mais transparentes podem ser combinadas com tops básicos que ajudam inclusivamente a definir as "curvas". Ficam algumas sugestões da Springfield. A minha preferida é a blusa MAO (a primeira das três imagens).

sábado, 18 de agosto de 2012

Tocar no céu

Existem locais naturalmente paradisíacos, e existem locais que o homem tornou paradisíacos. Um deles é o Hotel Marina Bay Sands em Singapura.


O complexo turístico custou 6 biliões de dólares e é conhecido pela sua piscina situada no 55 andar a 200 metros de altura. O comprimento da piscina é de 380 metros e faz a ligação entre os três edifícios. Esta é a maior piscina a esta altura e a paisagem é simplesmente deslumbrante...







 Valores - 380€/noite no Booking

http://www.booking.com/hotel/sg/marina-bay-sands.html


sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Festas do Mar

Começam hoje as Festas do Mar em Cascais.

AQUI está o cartaz. Andava com vontade de ver o Abrunhosa ao vivo. Mas esse é só no Sábado 25. O melhor de tudo, é que os concertos são gratuitos.

Muito bom!!

Para vestir:

O tempo anda instável e à noite faz mais frio, sobretudo para o lado de Oeiras e Cascais. Assim sendo, sugiro estes dois looks:



 E esta malinha para combinar:


Todas as peças estão à venda na Springfield, como não poderia deixar de ser. E existem praticamente todas em tamanho XL e XXL. Para quem tem medo de ficar com frio nas pernocas pode sempre optar por umas jeans.

Blow me a light

Nesta altura de crise ouvem-se muitas queixas por parte das entidades empregadoras que alegam que há muito desemprego, mas que muita gente também não quer é trabalhar.

Eu concordo que neste cenário existam as tais duas faces da moeda. Por um lado pessoas que preferem ter pouco ou nada, porque preferem fazer pouco ou nada e pessoas que se esforçam, que se empenham, que querem trabalhar, mas depois só tem como oferta, trabalho precário, mal remunerado e exploratório.

As empresas alegam estar em crise com a diminuição do poder de compra e os altos encargos fiscais. Será? Ou será que entrámos num clima de puro aproveitamento tendo como justificação a crise? A verdade é que se o poder de compra cai, também caiem os ganhos das empresas...

Começamos a entrar numa era de horizontes apertados que nos vai asfixiando e "matando" sonhos e objectivos.

Não consigo entender mas gostava **3

Nem contigo, nem sem ti...

Faz-me imensa confusão a relação amor/ódio dos "famosos" com a imprensa. Quando se querem promover, não se importam de revelar os pormenores mais sórdidos sobre a sua vida privada. Quando andam na ribalta já não acham tanta graça à exposição mediática e assedio da imprensa cor de rosa. Ainda não vi foi ninguém a queixar-se dos tratamentos, viagens e outros presentinhos que as ditas revistas vão oferecendo. Pois é... todas as moedas tem duas faces.


Ainda Luisão

Eu sou Benfiquista sem ferranhismos que não tenho paciência para os 500 jogos do campeonato e tricas inerentes, MAS defendo os encarnados, sobretudo face aos tripeiros (broncos, vigaristas e intrujões). Agora, digam o que disserem... O Luisão agrediu efectivamente o arbitro. Se depois este deu espectáculo a mais... Talvez, mas que houve agressão e não uma tentativa de aliviar as hostes não tenho mesmo duvidas.


Praia da Rocha

Parece que segundo uma votação sobre praias arrebatadoras em todo o mundo, num portal de viagens da Internet, a Praia da Rocha ganhou o 5º lugar.


Hmmmm... Tenho algumas duvidas.... E não, não é porque desvalorize o que é Português, mas penso que existem praias bem mais bonitas por Cabo Verde, São Tomé, Tailãndia, Maldivas, etc, etc... Mas é uma votação online, não oficial, que vale o que vale...


terça-feira, 14 de agosto de 2012

Smells of winter

É conhecida a constante insatisfação do ser humano, faça chuva ou faça sol (neste caso, literalmente). Quando estamos em pleno Inverno com os dias escuros, a chuva, o vento, o frio ansiamos pelas cores alegres do Verão. Pela praia, pelo mar, pelas férias, pelas churrascadas, pelos passeios com o solzinho a brilhar... hmmm...

Já em pleno Verão, começamos a queixar-nos do calor, da temperatura instável, dos fins-de-semana mais cinzentos e da crise que não nos permite ir de férias. Sinto que todas as pessoas que ficam por casa de férias, ou simplesmente por território Português se tentam convencer que também é bom, que também pode ser interessante, que Portugal tem muito que ver, que as praias portuguesas são boas, que é preciso dinamizar a nossa economia, mas eu tenho a certeza que se lhes dessem a escolher entre uma viagem à Tailândia ou uma estadia em Albufeira, acredito que a maior parte iria preferir estimular a economia da Tailândia.

A verdade é que ficar em casa não é mau, é péssimo. Sim, podemos tentar tornar esse tempo agradável, com passeios e outros mimos (se houver € para isso, porque quem não vai de férias para lado nenhum também não deve poder andar a pagar dias Zen nos SPA's da moda), mas ficará sempre muito aquém do expectável. Há tanto para ver, para conhecer... Eu já fui uns 15 anos para o Algarve, acho legitimo querer conhecer outros países, outros cheiros e outras culturas.

Acontece que este ano as férias são uma incógnita por vários motivos. E nisto dou comigo a pensar que já me apetecia era estar no Outono/Inverno. Passar à frente esta fase e começar a sentir o cheirinho a Natal. Sim, porque, hoje em dia, em inícios de Outubro muitos Centros comerciais já estão enfeitados. Se eu acho mal? Eu acho é magnifico. O Natal é só um dia, um dia que passa a correr e é uma quadra tão linda, cheia de tantas emoções e partilhas... por mim antecipava-a ainda mais só para que essas sensações durassem mais tempo.

Dito isto, e mesmo sendo cedo, vou começar a pensar em presentes. Está cada vez mais fora de questão comprar tudo à bruta no mês de Dezembro e fazer compras inflaccionadas. Nada como contabilizar as pessoas e pensar em algumas opções. Há coisas que não se estragam nem exigem troca e essas podem ser tratadas com mais antecedência. Enfim... preciso de distracções. Este dia cinzento lembra-me o Inverno e lembra-me que só vou ter dias de descanso já no Inverno e que este Verão deixou muito a desejar.

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Moda, a quanto obrigas!

Este ano usam-se os acessórios XL, quer em tamanho, quer em quantidade. Nos braços, o ideal é andar com 3500 pulseiras. No pescoço a tendência são o maxi colares que quase parecem cobertores.

Perguntinha....

É só a mim que esta "moda" causa calores? Eu bem tento enfiar no pulso umas 6 pulseiras, ou colocar um colar mais intrincado, mas há alturas que sofro horrores.

Outra perguntinha...

As fotos que tenho visto do pessoal enfeitado na praia como se fosse para um casamento é só mesmo para a foto não?

É que para além da possibilidade de ficarmos com as marcas dos acessórios, também não deve ser propriamente confortável... Mas pronto, se calhar sou só eu que penso assim.

Estes devem ser alguns dos sacrifícios que se fazem em nome da beleza...

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Dieta dos doces

Eu sei bem a quem agradecer os quilos a mais. É aos docinhos que como à noite, no sofá a assistir a filmes e series. A larica é a responsável e os doces são o meu maior pecado.

Assim sendo decidi continuar a comer normalmente, MAS deixar de lado os doces, podendo apenas e tão só pecar num quadradinho de chocolate preto.

A ver vamos quanto tempo aguento!!!

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Publicidade

Eu gosto muito de publicidade. É uma área que me atrai e sobre a qual também tive uns lamirés na faculdade, embora não tenha sido sobre ela que incidiu a minha formação.

Gosto de ver anúncios, mas como a maioria das pessoas, cansam-me os intervalos de 25 minutos que as estações fazem sobretudo em prime time. Primeiro pela interrupção do programa que estou a ver e pela quebra no interesse e entusiasmo e depois porque há anúncios que são repetidos umas 5 vezes e que conseguem tirar a paciência a qualquer um.

Depois, se há empresas que apostam em "boa" publicidade, há outras que apostam em coisinhas mixurucas como a ZON e o seu "dança, dança" que mete nojo a um santo, mas que fica no ouvido e gera alarido. Ora é mesmo isso que a ZON quer... O importante é dar que falar quer seja bem, quer seja mal...

Outros anúncios que dão que falar e quase nunca pela positiva, são os anúncios polémicos que pretendem chocar e de alguma forma com isso alertar para atitudes, comportamentos, pedindo mudanças e melhorias.

A Benetton é especialista nesse tipo de anuncio. Em 1991 foi noticia quando alertou para o flagelo da SIDA ao utilizar uma foto de David Kirby moribundo junto de sua família. Outros exemplos se seguiram. Campanhas pela fome, pelo NÃO ao racismo, pela paz mundial (com grandes lideres a beijar-se) geraram polémica e controvérsia.

São, contudo, as instituições e associações sem fins lucrativos que produzem os anúncios mais "chocantes" numa tentativa de que o individuo pare, olhe, veja o problema, pense e repense sobre ele tendo como fim último a mudança num sentido comportamental, mas sobretudo atitudinal.

Eu tenho a clara convicção que se as pessoas em vez de se sentirem ultrajadas e virarem a cara, olhassem para estes anúncios e pensassem sobre o assunto o mundo seria mil vezes melhor. Contudo, ignorar o problema permite a muita gente continuar a sorrir como se nada fosse...


P.s - O iol publicou uma noticia sobre este tema, no qual é possível ter alguns exemplos de campanhas polémicas - Pode ser visto AQUI. Aconselho também e dentro do mesmo tema uma reportagem sobre os anúncios mais sexys de sempre - AQUI.

Careca de Passos Coelho

Só se fala da careca do Primeiro Ministro Passos Coelho. Cá para mim com tantas pragas que já deve ter levado dos Portugueses, a queda de cabelo foi a melhor das coisas que lhe podia ter acontecido!!

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Agosto

Ruas desertas...
Estradas ao abandono...
Lugares de estacionamento com fartura...

Gosto de trabalhar em Agosto. Tudo parece mais fácil e há menos confusão. Setembro é para mim, o mês ideal para as férias... No entanto, com as mudanças de humor do Sr. Tempo nunca se sabe qual a melhor altura para os mergulhos. A ver vamos...

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Enxaqueca

Eu era tão mais feliz durante 3 dias do mês se esta maleita não existisse.

A minha enxaqueca funciona como um relógio que nunca atrasa. Vem todos os meses, dura três dias CERTOS, despede-se e diz "até para o mês que vêm".

Não há remédio que a faça desaparecer, apenas alguns que amenizam as dores e o mau estar.

Clonix, Algimate? Pois... Estas bombas não resultam...

Salva-me o Migraleve quando o Zomig só me deixa grogue, mas com dores na mesma...

Ai ai ai...

sábado, 4 de agosto de 2012

Raça de incerteza...

Ora bem, ora mal...
Ora bem...
Ora mal...

Todos os dias as perspectivas mudam. Melhor, a todas as horas as perspectivas mudam. Estou numa fase em que parece que tudo se passa agora num conjunto de dias, de semanas que teimam em não passar e que não se vão vivendo com prazer, mas sim com ânsia de ultrapassar na esperança de que tudo corra da melhor forma.

Sempre me considerei uma pessoa pessimista, mas a verdade é que a vida me deixa sem saber muito bem que postura devo ter. Quando vejo uma pequena luz ao fundo do túnel e penso que agora vai correr bem, lá vem uma derrocada e tapa a saída. Tenta-se outro caminho, pensa-se em outras alternativas e novas soluções, mas a cada passo, lá vem um pequeno ou grande revés...

Fase complicada esta... Espero que passe e que tudo corra pelo melhor...

P.s - A grande verdade é que nunca daríamos valor ao "bom" se não conhecêssemos também o "mau"... o problema é que o mau custa sempre demais...

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Caracóis (daqueles que não se comem)

A minha cabeleireira diz que estão a tentar que os caracóis voltem a estar na moda. Depois de tantos alisamentos, verdadeiramente eficazes, surgem agora as novas "permanentes". Enquanto que antigamente quem fazia uma permanente ficava com uma juba de leão eriçado, agora os novos produtos permitem fazer canudos ou ondular apenas o cabelo.

Estou a pensar seriamente em tentar a permanente de ondulação para este Inverno. A ver vamos...


Inveja

Uns com sucesso, outros nem tanto.
Uns com carreiras de sonho e realização pessoal, outros nem tanto.
Uns com objectivos de vida atingidos, outros nem tanto.
Uns com muito dinheiro, outros nem tanto.
Uns de férias nas Caraíbas, outros nem tanto.
Uns com carros novos, outros nem tanto.
Uns com casas com piscina, outros nem tanto.

São estes os motores da inveja. Estes e muitos outros e não adianta dizer ou querer acreditar que nunca se sentiu o "bixinho" da inveja, porque somos muitas vezes infectados por ele e apanhados desprevenidos. Obviamente que muitos de nós sofrem da inveja positiva. Ou seja, ficamos contentes com o sucesso dos outros e ficamos a desejar e a ambicionar o mesmo para nós. Outros tantos, sofrem da inveja negativa que se reflecte no dizer mal por dizer, no ser maldoso por ser, sem qualquer motivo aparente, se não a inveja do que o outro conseguiu/tem ou pode. Este é o tipo de inveja dilacerante e verdadeiramente doentia.

Um estudo levado a cabo pela Sociedade de Psicologia Social e de Personalidade nos Estados Unidos concluiu que as pessoas com uma menor auto-estima correm o risco de entrar em depressão se tiverem mais de 354 amigos no Facebook. Porquê? É simples. Nos dias de hoje vive-se muito de aparências e publicita-se, por norma, o melhor, aquilo que nos deixa felizes. Ora, os que vão vendo estas novidades e não andam propriamente "aos pulinhos" são mordidos pelo tal "bixinho" num crescente de descontentamento.

Pegando num exemplo prático. Nesta altura de férias é comum ver os nossos amigos a criarem álbuns com cenários verdadeiramente paradisíacos e a darem-nos, por imagens, a conhecer onde estiveram, o que fizeram e como se divertiram. Muito pouca gente coloca coisas negativas e demonstra uma atitude depressiva no seu perfil. Ninguém diz que está a ultrapassar uma crise conjugal; ninguém diz que o pai bate na mãe; ninguém diz que o tio é alcoólico; ninguém diz que o avô está gravemente doente; ninguém diz que está em risco de ser despedido. Ninguém? Há quem diga, mas é certamente uma minoria (temos nos nossos contactos do Facebook, não só amigos próximos, mas também conhecidos, vizinhos, colegas de trabalho, ex-colegas de escola e publicitar algo tão intimo e doloroso pode ser desconfortável). Mas isto não significa que também não tenhamos problemas, simplesmente não os damos a conhecer.

Desta forma, alguém com uma baixa auto-estima ou a passar um momento mais complicado na vida pode ficar afectado com o "bem" dos outros e descer mais fundo no seu descontentamento e depressão. Pode questionar o motivo pelo qual tem tantos problemas enquanto os outros vivem felizes e contentes. Reconhecer que se tem inveja é meio caminho andado para reverter a situação e transformar isso em algo bom. E não falo da inveja num sentido místico de "mau olhado", falo da inveja no sentido de uma pessoa se sentir descontente com a sua vida comparativamente à de outrem e entrar num circulo descendente de descontentamento. É preciso reconhecer que esta palavra - INVEJA - é sempre empregue de uma forma demasiado pejorativa (inveja negativa) que a meu ver é apenas e só uma das suas facetas. Neste caso, o indivíduo deprimido, só fica a maldizer-se a si mesmo e à sua vida.

Porque é importante aproveitarmos o nosso tempo por cá e porque é bom povoar a nossa mente maioritariamente com sentimentos positivos é importante reflectir:

  1. Temos uma vida assim tão infeliz? Não estamos a exagerar e se pensarmos um bocadinho até vivemos bastante bem e temos mais razões para acordar bem dispostos que o contrário?
  2. Não há vidas perfeitas. Todos nós somos diariamente confrontados com coisas boas e coisas más e é a forma como lidamos com isso que nos leva a sermos mais ou menos felizes.
  3. As aparências iludem. Para quê tanto deslumbramento com o que os outros vivem ou fazem? 
  4. A cobiça nunca trará felicidade. É bom sermos ambiciosos, termos objectivos e lutarmos por eles. Pensar: "Um dia também vou ter isto" não tem nada de mal e vai funcionar como um motor para trabalharmos e dedicarmo-nos a obter/atingir o que queremos.
  5. O prazer não tem de ser imediato. É bom "namorar" algo, planear, esperar por algo, ansiar por algo e depois, quando finalmente o tivermos, gozarmos o sabor da realização, do objectivo cumprido e da felicidade adjacente.
  6. Quem tudo tem de uma forma imediata, por vezes perde-se numa vida sem objectivos.
  7. Os objectivos motivam-nos, alimentam-nos e fazem valer cada dia.
  8. Sonhar é bom, sonhe, faça acontecer porque no final, o importante é olharmos para trás e sentirmos que fomos felizes!!!!!
A inveja existe e sempre existirá, mas vamos transformá-la em algo bom e não mau. Vamos transformá-la em desejo, ambição e motivação... e.... um dia, certamente, chegaremos onde queremos, pautando a vida pelo bem e não pelo mal. 

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Movies **4

Os meus filmes de culto

1 - Kill Bill

Adoro o Kill Bill. Gosto do género de filme à Tarantino - Exagerado, sangrento e com um humor sádico. Acho a banda sonora, o argumento, o elenco e a forma como foi realizado qualquer coisa de fantástico.Mais como este houvessem.



2 - Apocalypto

Surpreendeu-me! Como não tinha visto o trailer, nem nenhuma critica ou comentário antes de assistir ao filme, esperava algo relacionado com o apocalipse, o fim do mundo nos dias de hoje ou mesmo num futuro distante, mas não. Com este filme recuamos no tempo, para um passado distante, e assistimos ao principio do fim da civilização Maia. Não esperava as desgraças que se foram abatendo sobre os personagens. Tudo aquilo mexeu muito comigo. Não só por ter sido apanhada desprevenida, mas também por saber que toda aquela barbárie existe, foi assim e de alguma forma ainda o é nos dias de hoje.



3 - Shooting Dogs

No Shooting Dogs vemos exactamente a barbárie de que falei anteriormente. No genocídio do Ruanda os indivíduos de etnia tutsi são massacrados como se fossem "cães" (é essa a analogia, mas penso que nenhum animal deste PLANETA deva ser morto e torturado de tal forma). Ninguém se safou... nem freiras, nem padres, nem crianças, nada... É um filme forte, mas para quem quer saber como tudo se passou, aconselho. No filme participaram alguns dos sobreviventes deste massacre que no final dão o seu testemunho.



4 - Trilogia Senhor dos Anéis

É daqueles filmes que nos leva para outra dimensão. Aventura, fantasia, acção, romance, comédia, terror (aqueles ogres eram mesmo feios), todos os géneros numa trilogia que nos prende ao ecrã e nos faz sonhar. É daquele tipo de filme que não me canso de ver




5 - O fabuloso destino de Amelie

Confesso a minha pouca abertura para ver filmes franceses, ou mesmo italianos, mas quando vejo fico sempre apaixonada. Que o cinema francês tem muita coisa boa, lá isso tem. O fabuloso destino de Amelie é um filme leve e apaixonante que gosto de rever de vez em quando.



6 - Titanic

Foi um sucesso de bilheteira e apesar das criticas, é e será sempre um filme marcante. Lembro-me de ter chorado no fim quando o fui ver ao cinema. Lembro-me que tudo aquilo mexeu muito comigo nos dias seguintes e que por isso mesmo corri a comprá-lo quando saiu em VHS. O filme é triste em vários sentidos, mas é também emocionante, romântico e inigualável...



7 - Scary Movie

Não vejo muitos filmes de comédia. Acho a maioria deles demasiado óbvios. Contudo o Scary Movie faz-me rir do principio ao fim. Gosto da sátira feita a outros filmes. Alguns a que assistimos tensos, com medo do que pode acontecer e depois aqui aparecem de uma forma leve, cómica e gozona. Vejo, revejo e continuo a adorar e a querer mais.




8 - A Vida é bela

Vi há muito pouco tempo este filme e achei divinal... Não há palavras para descrever toda a ternura de um homem que vive para fazer os outros mais felizes, que vive numa altura tão conturbada e correndo riscos, muitas vezes anulando os seus próprios sentimentos, receios e dores manteve até ao fim o sonho de uma criança e o amor por uma mulher.



 9 - Saw

Foram 8 filmes que colocaram à prova a imaginação sádica de todos nós. Quem é que se lembra daquelas coisas? Isto leva-nos a questionar a sanidade dos argumentistas, produtores, realizadores... Basearam-se em algo ou simplesmente magicaram aquilo tudo como se de uma receita se tratasse? Com leveza e descontracção? Os filmes aterrorizam MESMO. São de um terror diferente e arrojado. Por trás existe toda uma rede oculta que se desembainha só no ultimo filme. Love it.



10 - Força Delta 1

Este não podia faltar. Como o vi em tenra idade, fiquei muito chocada com todos os acontecimentos em torno do desvio de um avião. Se fosse hoje em dia, e com tanta crueldade que tenho visto, certamente não teria tanto impacto em mim, mas eu ainda era uma fedelha e... ah, eu já disse que morro de medo de andar de avião? Pois, é por essas e por outras que este filme me aterrorizou tanto. Mas depois veio o meu Chuck e tudo ficou resolvido :) Este é daquelas filmes farçolas que eu adoroooooooo de paixão.